O texto de Cirlei Fajardo

O Poeta João Batista do Lago (E) leu um dos poemas mais fortes de Geraldo Magela durante a solenidade. Magela quase vai às lágrimas de muita emoção. Sua companheira, a poetisa Cirlei Fajardo, (abaixo) também emocionou o público ao ler texto sobre o homenageado.

Poeta bom é poeta vivo

Cirlei Fajardo

ESTES SÃO OS MEUS PREDILETOS...
POSSO TOCÁ--LOS ALÉM DAS PALAVRAS QUE SOMENTE ESCREVEM E QUE LEIO E TAMBÉM ESCREVO...

POETA BOM É AQUELE CARA QUE É POEMA MESMO QUANDO O SEU LIVRO ESTÁ FECHADO...
A GENTE VÊ SOMENTE A CAPA MAS SABE QUE LÁ DENTRO ENTRE AS PÁGINAS QUE CONTÉM ESTÁ TRANSBORDANDO DA SUA ESSÊNCIA MAGISTRAL...

POETA BOM É AQUELE QUE TE FAZ POESIA COM UM SIMPLES SORRISO MAS É TÃO ILUMINADO QUE VOCÊ TAMBÉM SE ILUMINA...

POETA BOM É FAROL E OS FARÓIS FORAM FEITOS PARA CONDUZIR E ILUMINAR QUEM ESTÁ QUERENDO ADENTRAR EM SEGURO PORTO...

FAROL APAGADO NÃO GUIA NINGUÉM...

POETA BOM É AQUELE QUE NÃO SE ENVERGONHA QUANDO SE EMOCIONA E ACABA SENDO MAR DE LÁGRIMAS DIANTE DOS NOSSOS OLHOS...

POETA BOM É AQUELE QUE ESTÁ ALI PRONTO A SEMPRE ESCREVER UM NOVO POEMA MESMO QUE LHE FALTE PAPEL OU CANETA...

POETA BOM É AQUELE QUE ACREDITA QUE A SUA POESIA FARÁ A DIFERENÇA E MUDARÁ O MUNDO...

POETA BOM É AQUELE QUE NÃO DESISTE DE SER O PRÓPRIO POEMA SE REESCREVENDO CONSTANTEMENTE PORQUE É POESIA VIVA E PULSANDO...

UM DIA SERÁ APENAS SUA POESIA IMORTALIZADA POR SEUS VERSOS E ALGUÉM O CHAMARÁ DE IMORTAL AO LER SUAS LINHAS E ENTRELINHAS CAPRICHOSAMENTE DEITADAS EM BRANCAS FOLHAS ONDE O TEMPO TALVEZ TENHA PASSADO E O LEVADO, PORÉM, COMO DIZ A CANÇÃO... MÃOS QUE OFERECEM ROSAS SEMPRE PERMANECEM COM O PERFUME DELAS E ACABAM SE TORNANDO UM DELICIOSO PERFUME E A SUA ESSÊNCIA É INESQUECÍVEL ATÉ MESMO QUANDO PASSA.

POETA BOM É AQUELE QUE NUNCA NEGA UM REPENTE E MESMO AUSENTE ACEITA UM CONTRADITO SEM FRESCURA E CHURUMELAS E USA SUA CANETA COMO PONTA DE FACA E RISCA SEU PONTO E SUA PROSA APAIXONADA E RISONHA A QUALQUER HORA DO DIA OU DA NOITE...

POETA BOM É AQUELE POETA VIVO QUE ACEITA O MEU VERSO E FAZ DELE POEMA PERFEITO MESMO QUANDO IMPERFEITO SEM CULPA E SEM DEDO EM RISTE NA TRANSITÓRIA PASSAGEM QUE O TEMPO PERMITE NÃO SE IMPORTANDO SE OS MEUS VERSOS SÃO BELOS OU MALDITOS...

POETA BOM SE VESTE COM O SAGRADO E UNIVERSAL MANTO DA POESIA DIARIAMENTE E PROMOVE O BEM COMUM POIS NÃO TEM A MÍNIMA IMPORTÂNCIA A COR DAS ASAS DOS ANJOS... BRANCAS OU NEGRAS... MAS DE CONTINUAR SENDO ANJO E ALÇANDO VÔOS MESMO SEM SE TER REALMENTE ASAS.

Esta é mais uma publicação da ACADEMIA POÉTICA BRASILEIRA/Assessoria de Imprensa

MHARIO LINCOLN é Presidente da Academia Poética Brasileira. / Informações para esta coluna: mhariolincolnfs@gmail.com CURITIBA-PARANÁ-BRASIL. Jornalista Profissional/Sindicalizado

FACE: https://https://www.facebook.com/MharioLincolnFS - www.twitter.com/mhariolincoln